quinta-feira, 15 de março de 2012

Falando em insônia

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 40% da população mundial apresenta algum tipo de distúrbio ou síndromes do sono.
No Brasil, 43% dos brasileiros não conseguem dormir corretamente, permanecendo cansados e aumentando o risco de desenvolvimento de outras doenças.


" Existem 90 tipos de distúrbios do sono, mas muitos desconhecem o diagnóstico.
Entre os principais estão a apneia obstrutiva do sono, encontrada em cerca de 30 % da população adulta e a insônia, que afeta entre 10% e 15% da população da cidade de São Paulo" , explica Pedro Genta, pneumologista do Centro de Medicina do Sono HCor.

Para alertar a população sobre os distúrbios do sono e esclarecer dúvidas da população, o HCor realiza no dia 16 de março 2012, Dia Mundial do Sono, uma ação no Conjunto Nacional (Avenida Paulista).

Na ocasião a população poderá realizar gratuitamente teste para saber como está a qualidade do sono e uma avaliação para riscos para apnéia do sono. " Faremos uma avaliação individualizada e a pessoa já sairá com o resultado na hora" , informa Pedro Genta.

Pessoas que sofrem de apnéia obstrutiva do sono, que se caracteriza por obstrução repetida da via aérea superior (garganta) devem ficar atentos a outros problemas de saúde, inclusive hipertensão, diabetes, e doenças cardíacas.
Por isso os pacientes com históricos cardíacos devem se preocupar ainda mais com a qualidade do sono.


" Diversos estudos tem apontado para as consequências negativas dos distúrbios do sono. A apneia obstrutiva do sono, por exemplo, está ligada a pior qualidade de vida e aumento de mortalidade a longo prazo.

No dia mundial do sono, pretendemos alertar e conscientizar a população para a importância do sono saudável e para os sintomas dos distúrbios do sono e de suas consequências" , conclui Dr. Genta.


Localização


segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Maisel's Weisse Original

Essa cerveja de trigo tem o sabor mais suave que a Erdinger e Franziskaner, mais conhecidas aqui no Brasil. Tem um toque de canela, e lembra de leve a Baden Baden Golden, mas com mais sabor. Tem bastante gás carbônico, o que faz dela uma bebida leve e refrescante. Porém, na minha opinião, ainda não bateu a Franziskaner... =)

email

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Bierland Pale Ale

Photo_2
A Pale Ale da Bierland tem um sabor bem intenso e agradável, com gosto meio frutado, e recomendo a todos provar. Não sei onde vende em São Paulo ( ou SE vende), mas o que pode te deixar desanimado é o preço. Comprei as minhas quando fui pra Festa Pomerana, num supermercado em Blumenau, e lá paguei relativamente barato (entre 4 e 6 reais).
A cor da cerveja é um pouco mais escura, e é um tipo de cerveja bem refrescante. Fica a dica pra quem passar por Blumenau!
email

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Opa Bier Pilsen

Photo_3

Não sei se foi azar ou o fato de o paladar já estar marcado por outras cervejas na data da degustação, mas a pilsen da Opa de Joinville (pra quem não sabe, "opa" é avô em alemão) estava muito ruim, com um gosto fortissimo de vegetal cozido (depois de ter feito aula, posso falar que isso ocorre devido a não eliminação de durante o processo de fabricação). A cerveja é pouco carbonada, e o gosto desse exemplar estava péssimo. Espero provar outra pra poder comparar... A marca Opa possui uma cerveja muito boa, chamada "Old Ale". Comece por essa, não pela Pilsen!

Weihenstephaner Hefe Weissbier

Photo_4

Weihenstephaner pra quem não sabe é conhecida como a cervejaria mais antiga do mundo, tendo sido fundada em 1040 (mais informações sobre o monastério de Weihenstephan aqui). Essa cerveja de trigo não filtrada (por isso turva) é muito refrescante, e pra mim pareceu uma versão um pouco mais leve da minha predileta Franziskaner. A cerveja de trigo alemã (as nacionais que eu provei são bem diferentes, por isso faço a distinção) é ideal pra quem quer começar a beber cerveja, por ser menos amarga e mais doce que as demais variedades. Recomendada!

Dado Bier Original

Photo_5

Assim como no caso da Weiss, a Dado Bier Original surpreendeu (não sei porque a pilsen normal é tão aguada). Essa "Pilsen Extra" tem um amargor muito maior, sendo consequentemente muito mais saborosa, e é um pouco parecida com a Heineken. Porém, a Dado Original parece ser mais carbonatada (ou seja, tem mais gás) e mais encorpada, o que me leva a considerá-la melhor que a Heineken de latinha vendida em supermercado. Vale a pena provar se você gosta de cervejas mais amargas.
email

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

City Dark

Light_trespass_medium

O impacto que a iluminação artificial causou na sociedade, no habitat de diferentes espécies, e principalmente, no ser humano, é o tema principal deste documentário que está sendo exibido em diversos cinemas dos Estados Unidos, chamado City Dark. Infelizmente o documentário ainda não está disponível na internet, por isso resta apenas torcer para que algum cinema brasileiro resolva exibir.



email

domingo, 15 de janeiro de 2012

Coruja Extra Viva

Esta cerveja gaúcha é uma das melhores feitas no Brasil, e o grande diferencial é não ser fermentada - é feita e engarrafada diretamente, o que diminui drasticamente a validade (dura aproximadamente um mês e deve ser conservada sempre em geladeira), mas garante um sabor muito mais intenso. Alguns bares que fabricam sua própria cerveja em cidades alemãs também vendem cerveja dessa maneira, como o saudoso Ratskeller em Darmstadt (foto abaixo).
20110924-180345

Fonte da imagem: Andreas Koniger.
Uma característica interessante da Coruja é o estouro quando aberta, fazendo a tampinha de plástico voar longe. Cerveja recomendada, e realmente é de dar esperanças quanto a produção de cervejas de qualidade em solo brasileiro.
email

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Erdinger Urweisse

Photo_1

O nome "Urweisse" poderia ser traduzido como "trigo original". Segundo fontes não confiáveis da internet (pesquisei isso depois de beber, hehe), essa cerveja foi feita para ser mais simples e ter mais caracteristicas da cerveja de trigo original. Tem 5,2% de alcool, e é bem suave se comparada à Erdinger "normal". Ainda não possui aquele sabor adocicado e viciante da Franziskaner depois de cada gole (não vou usar o termo "after-taste" pois perderia a característica viril de falar de cerveja), mas é uma boa opção pra quem está começando a tomar cerveja.

Recomendado, foi comprada por R$10 no Extra Juscelino, se alguém tiver lugar mais barato por favor informe! =D

Photo_2

email